« No-pick Quinn befuddles Rubio | Main | Slots for Marlins? »

Hastings: Clinton convinced me to drop out

Rep. Alcee Hastings, who bowed out of the running for House intelligence committee chair, tells CQ that he made the decision after a lengthy telephone call from former President Bill Clinton who told the Miramar Democrat that he would "force a rift in the party" if he held out for the position.

Hastings told CQ there would have been "blood all over the floor" had he pursued the prestigious seat.

"Had I had chosen that path, I could have demogogued on a whole set of persons," Hastings told in the interview.

Word that House Speaker Nancy Pelosi was considering Hastings for the sensitive post sparked controversy last fall because the former federal judge was impeached by the House in the late 1980s and some questioned his suitability for the job.

Hastings blamed the dustup on "party functionaries" but said Clinton wanted to resolve the party dispute and called Hastings.

"We talked to close to an hour and forty minutes," Hastings told CQ. "And he was saying, among other things, that, you know, I would force a rift in the party if I was to force the issue. And that sometimes you come out better ...if you could find a way to say, ‘Fine, pass over me, choose someone else,’ then I would come across better, and be thought better of by Democratic functionaries."

Read the entire interview here - including how Hastings is erasing $2 million in debt.

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Sidney Rogério  de Lima

“IDOSOS BRASILEIROS PEDEM AJUDA A ANISTIA INTERNACIONAL”.

O Grupo de idosos ex Cabos da Força Aérea Brasileira, vem pedir ajuda aos canais das imprensas Internacionais, que publique esta matéria no sentido de mostrar as Autoridades da Anistia Internacional, que a Lei de Anistia Política 10559/2002., não vem sendo cumprida a quatro anos pelo o “GOVERNO DO BRASIL”, onde vem prejudicando pessoas idosas, frágeis, indefesas e doentes e que não tem mais tanto tempo para lutar pelo seus direitos.

No período de 1964 á 1985, anos que foi instalada a Ditadura Militar no País, onde foi um fato vergonhoso e sem decoro militar. Os Generais de Linha dura fortalecidos pelo o “(AI-5) ATO INSTITUCIONAL Nº. 5”, aproveitando que as Constituições de 1946 e 1967 tinham sido desrespeitadas pelos Presidentes Militares, tomaram o Brasil na mão grande e prenderam políticos torturando todos nos porões dos quartéis, mataram milhares de inocentes covardemente pelas as costas, sumiram com centenas de famílias e jogaram milhares de brasileiros nos mares através dos navios da Marinha Brasileira, cercearam os direitos de expressão e pensamento da Imprensa livre, o Poder Judiciário ficou sobre o controle dos Presidentes Militares. Os Cabos da Força Aérea Brasileiros não afinados com o “Novo Regime” foram legislados pela Portaria 1.104/Gm3/1964 que através dela, os Oficiais por determinação dos Comandantes, humilhavam, torturavam e espancavam todos barbaramente, onde alguns não agüentavam chegando até morrer, e aqueles que continuavam vivos, eram submetidos a pesados treinamento de exercícios militares comparados ao Regime de escravidão, até completar oito anos de efetivo serviços, e depois eram sumariamente expulsos como “subversivos de fundo Comunista” pela Portaria 1.104/Gm3/1964 sem direito a nada, o qual a Lei do Serviço Militar e seus Estatutos foram contrariados pelo o Alto Comando da Força Aérea Brasileira no período de 1964 á 1982.
A PORTARIA 1.104/GM3/1964, foi um instrumento nocivo, perigoso, desleal e criminoso nas mãos dos Cruéis Comandantes da Força Aérea Brasileira, onde puniu culpados e inocentes militares subordinados, que estavam a serviço da Pátria no período da “DITADURA MILITAR”

E hoje, o Presidente da República do Brasil Luis Ignácio Lula que se proclamou um democrata, ao tomar conhecimento de tudo que aconteceu com os idosos ex militares da Força Aérea Brasileira na truculenta “Ditadura Militar”, também viola a Lei da Anistia Política 10559/2002 contrariando a maior Carta Constitucional do País, que é a CONSTITUIÇÃO DO BRASIL, dividindo a unidade em duas categorias: pré e pós 1964, anistiando uns prejudicando outros, com julgamentos discriminatórios para a mesma classe de Ex militares que foram punidos na mesma situação, o qual estar governando semelhante ao período dos “Tiranos, Imperadores, Reinados, e dos Presidentes Militares”, onde Leis não eram cumpridas pelos Governantes, e com isto, a maioria da população era penalizada.
Com descumprimento da Lei da Anistia Política 10.559/2002, e dezenas de Leis descumpridas pelo Governo Brasileiro, onde a nossa Constituição de 1988 foi totalmente desrespeitada comparada as Constituições de 1946 e 1967 pisoteadas pelo o Governo do Regime Militar, É uma vergonha um governante democrático que no ínicio do seu mandato jurou defender a nossa Constituição, e hoje quebra o juramento dando continuidade a repressão ocorrida nos tempos da Ditadura. O Grupo dos idosos Ex militares da Força Aérea Brasileira só querem do Senhor Presidente do Brasil Luis Ignácio Lula, o cumprimento da Lei de ANISTIA POLÍTICA 10559/2002, contrariada quatro anos e cinco meses pela administração do seu Governo.


The comments to this entry are closed.